Tags

, , , ,

Uma das principais causas da desistência de um planejamento financeiro pessoal é a ansiedade. Achamos que é necessário analisar todos os gastos, encontrar recibos antigos, não sair mais para jantar, deixar de ir ao cinema ou teatro, tudo isso para ter um planejamento para os próximos 20 anos.

Quando isso acontece, provavelmente iremos lançar mão e deixar de lado tudo que fizemos para ter o controle de nossas finanças. Isso não é bom. Isso também acontece com planos de carreira, família, negócios, etc.

Muitas vezes nos perguntamos como podemos encontrar um emprego ideal, negócio ideal, tudo ideal, mas nada real. Uma das saídas para lidar com a ansiedade é fazer uma coisa de cada vez ao invés de tentar resolver tudo de uma vez.

Você pode encontrar um conjunto claro e simples de medidas que podem ser tomadas e quando uma delas falhar você poderá rapidamente corrigi-la sem perder o controle.  Outra solução é buscar identificar pequenos casos de sucesso que você já teve ao lidar com suas finanças pessoais.

Muitas vezes pensamos que sucesso tem que ser algo impactante, mas os maiores sucessos começam com as menores vitórias. Mais importante ainda é que as pequenas vitórias pode mantê-lo concentrado no sentido certo.

Algumas pessoas conseguem se livrar de enormes dívidas contraindo dívidas pequenas, muitas delas acham que o problema foi resolvido. Talvez financeiramente tenha sido uma saída melhor do que continuar com dívidas impagáveis, ou seja, continuar na bola de neve da dívida.

No entanto, se essa pessoa não muda seus pequenos hábitos de consumo, tudo isso pode ter sido em vão. Talvez ela não precise mudar tudo de uma vez, mas mudanças graduais de comportamento podem levar a uma vida financeira saudável.

Todos nós conhecemos alguma história de pessoas que com pequenas poupanças fizeram grandes conquistas. Já conheci um casal de aposentados que com uma renda pequena conseguiram adquirir uma casa de campo.

Portanto, não precisamos nos preocupar em mudar o mundo ou o nosso mundo em um dia, mas precisamos de um dia para refletir sobre nossas atitudes e principalmente ansiedades que tanto podem nos prejudicar.

Com o intuito de começarmos a valorizar as pequenas coisas, deixo a pergunta: qual foi a última pequena conquista que você celebrou?

Anúncios