Tags

, , , , ,

Uma tendência esperada no mercado de renda fixa no Brasil é a migração de parte desses investimentos para renda variável devido à redução da taxa de juros (Selic) observada nos últimos meses. Isso acontece porque a rentabilidade de títulos do tesouro, CDB e outros títulos atrelados a Selic tem diminuído. Investimentos em renda variável também são afetados pela variação na taxa de juros.  A dinâmica no mercado financeiro é a seguinte: quando a taxa de juros aumenta espera-se que investimentos em renda variável diminuam e que os de renda fixa aumentem. Quando a taxa de juros diminui, vale o contrário.

            A redução da taxa de juros no Brasil tem sido um marco na história. Hoje a  taxa de juros (Selic) está no patamar de 8%  , bem diferente dos tempos em que os juros passavam de 40% ao ano. Hoje o Brasil apresenta um cenário de juros bem diferente dos anos anteriores. Isso fez que o governo mudasse a regra de remuneração de uma das principais aplicações do pequeno e médio investidor. A rentabilidade da poupança, que até então era vinculada a TR (Taxa Referencial) mais 0,5% ao mês, portanto, sem nenhum vinculo com os juros básicos, passou a ser atrelada à Selic. Logo, com a nova regra, sempre que esta estiver em 8,5% ao ano ou menos, os investimentos em poupança renderão 70% da Selic mais a TR.

 

O que se espera com a redução da Selic é um aumento dos investimentos em  renda variável, no entanto, o mesmo não tem ocorrido em alta escala, pois o mercado de renda variável tem se mostrado bastante volátil nos últimos meses. Neste ano o Ibovespa chegou a registrar o quarto pior desempenho acumulado das bolsas no mundo. No dia 27 de julho o Ibovespa teve um saldo de 4,72%, melhor dia do ano de 2012. Embora, o mês de julho tenha se mostrado favorável a bolsa, os investimentos em ações requerem muitos cuidados. Não invista em ações se você pode precisar do dinheiro no curto prazo. Seja cauteloso na escolha de seu investimento. Mesmo que os investimentos de renda fixa tenham perdido rentabilidade nos últimos meses, eles continuam sendo os mais seguros para os investidores de pequeno porte. Portanto, pesquisar antes de decidir é o melhor caminho. Boa Sorte!

 

Anúncios