Tags

, , ,

O valor de uma empresa representa o quanto alguém teria que pagar para adquirir aquela companhia. Em teoria, o valor da empresa é representado pelos seus ativos e sua capacidade de geração de caixa. Logo, os ativos, dívidas, caixa e outras diversas variáveis afetam o valor da companhia. Portanto, se alguém procura adquirir uma determinada empresa deve pesar todos esses fatores antes de tomar uma decisão final sobre se deve ou não comprar a companhia.

A fórmula para calcular o valor de uma empresa leva em consideração todo o dinheiro que ela  tem no banco, seu valor de mercado, custo das dívidas pendentes entre outras variáveis. Para uma estimativa mais precisa do valor de uma empresa, é necessário incluir também as ações preferenciais que são consideradas como outra forma de equivalência patrimonial. Os recursos disponíveis também podem ser ajustados para incluir equivalentes de caixa, tais como contas a receber e estoques líquido. Esses detalhes são importantes, assim como o montante total da dívida que pode afetar significativamente o valor que um comprador poderá pagar por uma empresa.  

Capitalização de mercado, que é o valor total de mercado de uma empresa, é calculado pela multiplicação do número total de ações remanescentes pelo preço atual por ação. No entanto, apenas olhando para capitalização de mercado pode ser enganoso para um potencial comprador. A verdade é que há uma série de fatores diferentes que podem afetar os preços das ações na Bolsa de Valores. Por isso, ao comprar uma empresa o investidor deverá considerar não apenas o valor de mercado, mas principalmente a capacidade de geração de fluxo de caixa da companhia. Boa Sorte!

Anúncios