Tags

, , , , , , , , , ,

Após um longo período de ostracismo, retorno ao nosso modesto blog motivado por uma cativante iniciativa: Matematica100cola. A iniciativa é do caríssimo Prof. Cícero Silveira. Seu canal no Youtube oferece aulas dos mais diversos tópicos da matemática. Seu intuito é auxiliar pessoas do Brasil inteiro a praticar e desenvolver seu conhecimentos das ciências exatas. A Câmara dos Vereadores de São Paulo o premiou no último dia 24 de março pela iniciativa (você encontra o link para a página do projeto no Facebook aqui).

Prof. Cícero Silveira recebeu as homenagens e a premiação por seu destaque profissional, no ano de 2014, conquistado por meio de suas atividades de grande valia e contribuição para toda a sociedade brasileira por meio do Projeto Matemática100cola. O Prêmio foi criado pela jornalista e publicitária Zildete Montiel para homenagear as Personalidades que se destacaram em suas atividades nas áreas de comunicação, artes, medicina e educação receberam "Mulheres de Destaque e Homens de Sucesso". O evento aconteceu na noite de 24 de março no Palácio Anchieta.

Prof. Cícero Silveira recebeu as homenagens e a premiação por seu destaque profissional, no ano de 2014, conquistado por meio de suas atividades de grande valia e contribuição para toda a sociedade brasileira por meio do Projeto Matemática100cola. O Prêmio foi criado pela jornalista e publicitária Zildete Montiel para homenagear as Personalidades que se destacaram em suas atividades nas áreas de comunicação, artes, medicina e educação receberam “Mulheres de Destaque e Homens de Sucesso”. O evento aconteceu na noite de 24 de março no Palácio Anchieta.

O entusiasmo do Prof. Cícero é cativante: quando fala do projeto, seu corpo parece não conter a energia que o motiva a atender pedidos do Brasil inteiro por breves tutoriais sobre diversos temas que assombram qualquer estudante. Sua busca é um verdadeiro sacerdócio, com a qual ele jamais desanima!

E se você acha que o alcance de sua didática é detido pelo muro alto do vestibular, engana-se redondamente. Mirando no estudantes de ensino médio e fundamental, o Prof. Cícero acabou acertando no que não viu.

Eu posso atestar pessoalmente o poder emancipador do projeto. Sou um profundo admirador do projeto e de seu idealizador. Como professor de graduação em Economia, Administração e Ciências Contábeis, dentre outras, e de MBAs e pós-graduações em diversas áreas, sempre indico o site a estudantes em estágios mais avançados de estudo. O retorno é sempre positivo. Melhora a autoestima intelectual, a confiança e, com essas, a vontade de aprender mais. Por quê?

No caso da minha área de atuação, é simples: os estudantes que entram em contato com Economia acreditam, muitas vezes, que é a “complicação” do economês a causa de suas dificuldades. Longe de mim sugerir que Economia seja matéria fácil. Porém, em geral, seus problemas estão associados a como dominar a construção e manipulação de gráficos e como resolver equações, das mais simples às mais complicadas.

É frequente a reprovação – em disciplinas que leciono – devida a erros aritméticos básicos que assediam quase todos os estudantes, como divisão por decimais, cálculos de porcentagens (confira esse vídeo) e entendimento do conceito de limite, para ficar em alguns (você encontra aqui uma série de playlists classificadas por assuntos).

É aflitivo ver os obstáculos enfrentados pelos alunos ao tentar colocar variáveis em evidência ou resolver operações aritméticas menos triviais. O medo toma conta da mente. O aprendizado fica interrompido.

Já testemunhei semestres inteiros perdidos por alunos que es esgueiram pelas veredas do cálculo, sem ter claros os fundamentos pré-cálculo. Por exemplo, em Macroeconomia, a equação de determinação da renda no modelo keynesiano simples requer um conhecimento de manipulação de equações e alguns elementos da álgebra, como representado a seguir:

Y = [1/(1-c)] . [G+I], em que 0 < c < 1

Essa equação é simples aos olhos dos mais treinados, mas pode ser um obstáculo quase intransponível àqueles que não detêm as ferramentas elementares. Não se pode, portanto, subestimar a importância de suprir as deficiências nos fundamentos da matemática.

Trata-se de um problema que se acumula ao longo dos anos. Em especial, nosso país não oferece um ambiente intelectual que incentive o cultivo desse conhecimento. Assim, a falta de prática nos distancia cada vez mais do domínio mínimo que nos incitaria a buscar mais. É uma armadilha engenhosa que prende mais firme, quanto mais se busca fugir dela.

Os tentáculos dessa dificuldade com exatas se espraiam por várias dimensões da experiência humana e, usualmente, estão associados a questões de ordem emocional. Quase todos as temos, mas lutamos por escondê-las, com medo de sermos diminuídos por outros que “dizem” não as possuir. A ajuda fica adiada.

Quem tem dificuldades com exatas, costuma sentir-se “burro”, incapaz, inferior, de inteligência oca. Mera ilusão! É só falta de treino. E, para isso, é preciso alguém que nos oriente na aquisição dessa competência. Daí a importância de mestres que consigam demolir as paredes erigidas pelo medo de errar. O Prof. Cícero oferece uma oportunidade de nos ligarmos afetiva e divertidamente a essa fascinante matéria do saber humano.

Há um mundo de oportunidades para adquirir conhecimentos na internet. Que o Matemática100cola seja, talvez, o seu primeiro passo no uso proveitoso da tecnologia. Basta ter a humildade de reconhecer: só sei que nada sei!

Anúncios